“A arte diz o indizível, exprime o inexprimível, traduz o intraduzível”, a icônica frase do criador da famosa pintura Mona Lisa, Leonardo Da Vinci, expressa perfeitamente as obras de um outro artista, Luís Eduardo Nogueira, 17 anos, aluno da 2ª série do Ensino Médio do Colégio Salesiano do Salvador.

Eduardo, como gosta de ser chamado, não tem nenhuma formação artística, mas desde criança tem apreço pela história da arte. “ A primeira expressão artística da minha vida foi quando tinha 5 anos, peguei alguns lápis de cor e desenhei um gato enorme na parede da minha casa. Minha mãe não ficou chateada, longe disso, ela se impressionou e passou a me incentivar ao comprar materiais de arte. A partir daí, passei a me dedicar e gostar mais ainda da arte. ”

O jovem, que tem como suas inspirações os artistas Da Vinci, Salvador Dalí, Leonora Carrington e no estilo Art nouveau, retrata sua arte por meio do simbolismo, expressionismo e surrealismo, que, segundo ele, são expressões que contribuem na criação de um ponto de vista mais sensível a respeito das coisas que cercam as pessoas. “A maioria dos desenhos se baseiam em sonhos, pois gosto de interpretá-los como mensagens do inconsciente”, afirma.

Para compor seus trabalhos, o artista utiliza algumas técnicas como nanquim, aquarela, grafite e pintura a óleo.  Apesar de fazer da arte um hobby, Eduardo já vendeu algumas criações e teve suas pinturas exibidas em exposições, como algumas que estão expostas na galeria de troféus do Colégio Salesiano do Salvador.

Em novembro de 2016, o aluno criou uma página no Facebook para expor suas obras, com o objetivo de sensibilizar as pessoas que apreciam as criações e para que sejam atingidas pelas mensagens que são transpassadas pela arte. Acompanhe e aprecie as expressões artísticas de Eduardo na página Edu Nogueira, através do link: https://www.facebook.com/edunoart/.